Posts

Para muitos isso pode parecer excesso de zelo. Porém, os idosos, assim como as crianças, precisam que a casa seja um ambiente seguro. Isso requer alguns cuidados especiais. Por isso, no post de hoje vamos falar sobre as maneiras de manter o lar mais seguro.

Primeiramente, pesquisas apontam que 1/3 dos atendimentos hospitalares decorrentes de traumas são realizados em prol dos idosos. Isso levanta, ainda mais, a necessidade de garantir o bem-estar e a seguridade daqueles que chegaram à terceira idade. Confira abaixo:

  • As passagens entre os cômodos deve ser livre de móveis, fios e demais objetos. É interessante que tudo o que pode ocasionar tropeços seja retirado do imóvel. Por isso, possuir móveis e ambientes planejados é interessante;
  • Evitar o uso de produtos como ceras é fundamental para que o piso não fique escorregadio, molhado ou úmido;
  • Em banheiros ou cozinhas onde o uso de tapetes for desejado, essas peças devem ser antiderrapantes. Assim possíveis escorregões serão evitados;
  • Dê preferência à ventilação natural. Quanto mais arejado e fresco for o ambiente, melhor! Isso porque, com a renovação do ar o risco de doenças respiratórias diminuirá. O planejamento da estrutura das cozinhas possibilita isso;
  • Ajuste a altura dos móveis, para que o idoso apoie sempre os pés no chão ao sentar em cadeiras, poltronas e sofás. Dessa forma, os riscos de desequilíbrio serão menores. De igual modo, o fogão e a pia da cozinha deve ter, pelo menos, 80 cm de altura.

A consultoria durante o planejamento da cozinha é essencial para garantir segurança e satisfação para as pessoas da terceira idade!


Conte com os consultores da Kouzina Club.
Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.
Fonte: vivadecora
Imagem: freepik

Muitos dizem que a cozinha é o coração da casa. Você concorda? É um dos espaços mais utilizados da residência, onde se pode preparar muitas delícias, e possibilita uma maior interação entre as pessoas que ali frequentam. Independente do tamanho, são várias as formas de aproveitar bem o espaço. A otimização desse cômodo podem te auxiliar na construção da “cozinha dos seus sonhos”.

Obter todos os componentes de uma cozinha é o primeiro passo em busca dessa conquista. Geladeira, fogão, microondas, bancada de pia, são itens fundamentais e fazem parte do nosso dia a dia. Tudo isso pode ser orientado e arquitetado, de modo que, atendam as suas necessidades e possam te satisfazer.

Após a escolha de como sua cozinha será organizada, é importante que seja avaliada a forma de acomodação das pessoas que ali residem. A decoração também faz parte do processo e pode ser um fator decisivo na ambientação do local. Tudo deve ser calculado para que não haja insatisfações no futuro.

Deste modo, o foco na distribuição do projeto te possibilitará sucesso no resultado final. Todos esses componentes contribuem para uma melhor adequação da sua cozinha perfeita.

Conte com os consultores da Kouzina Club.

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Fonte: Follow The Colours

Imagem: freepik

Um dos elementos mais importantes que compõe uma cozinha é o forno. Afinal, é nele que preparamos grande parte dos alimentos que vamos consumir. Por isso, temos que ter maior atenção na hora de escolhê-lo.

Uma das maiores dúvidas na hora de adquirir esse produto é: devo comprar o forno elétrico ou a gás? Por isso, no post de hoje vamos falar sobre esse assunto, te mostrando as vantagens e desvantagens de cada um.

Fogão Elétrico

Vantagens

  • O forno elétrico utiliza apenas energia elétrica, não dependendo do gás para funcionar;
  • Apresenta melhor controle da temperatura durante o preparo da comida;
  • Após o forno desligado, ele mantém o calor por mais tempo. Por isso, é ideal para deixar a receita aquecida antes de ser servida;
  • Ele possui um timer que desliga quando chega no tempo marcado.

Desvantagens

  • O forno elétrico consome, em média, 40% mais energia que o forno a gás;
  • Ele demora mais tempo para atingir a temperatura ideal;
  • Não funciona em caso de falta de energia.

Fogão a Gás

Vantagens

  • Gasta menos energia, em comparação ao forno elétrico;
  • Alcança mais rápido a temperatura ideal;
  • É considerado a melhor opção para o preparo de pratos que precisam de um longo tempo de cozimento, como assados em geral;
  • Funciona mesmo em caso de falta de energia.

Desvantagens

  • A temperatura não é tão precisa quanto a de um forno elétrico;
  • Necessita de conexão com a rede ou botija de gás.

E aí, se decidiu? Então venha até a Kouzina! Temos consultores especializados que podem te ajudar a tomar a melhor decisão.

Fonte: zoom